O que são SPACs?

Entenda mais sobre esse veículo que se tornou uma tendência nos EUA

No primeiro post da série de Exits abordamos o que são Exits e quais as principais modalidades. Dentre essas modalidades de Exits, a que mais tem ganhado notoriedade recentemente nos Estados Unidos, e que também está crescendo no Brasil, são as SPACs ou Sociedades de Aquisição de Propósito Específico em português. Para facilitar a leitura, montamos um glossário ao final do texto, consulte caso tenha dúvida nos termos mencionados. 

O que é SPAC? É uma sociedade constituída com o propósito único de levantar capital, por meio de um IPO, para adquirir uma empresa existente. É uma alternativa ao IPO tradicional por ser um "cheque em branco", dado que os sponsors da SPAC não identificam o target de aquisição durante o processo do IPO. Sendo assim, os investidores do IPO na prática não sabem qual companhia estão investindo.

Quais as fases de uma SPAC? 

  1. Lançamento da SPAC: Primeiro, os sponsors da SPAC lançam uma companhia, planejam o IPO dela e fazem roadshow. 
  2. Roadshow: Durante o roadshow os sponsors apresentam a SPAC a potenciais investidores. Esse processo é essencial para levantar capital para o IPO. 
  3. IPO: Na sequência, os assessores financeiros da oferta (ex.: bancos) definem a alocação junto com os sponsors. Feita a alocação é realizado o IPO. A partir da data do IPO, os sócios da SPAC têm um prazo de aproximadamente dois anos para adquirir a companhia target. 
  4. Aquisição: Ao encontrar uma companhia, os acionistas da SPAC votam e, caso concordem, realizam a compra da companhia com o capital levantado no IPO. 
  5. Fusão: No final, ocorre a fusão das duas empresas (a empresa de cheque em branco e a target) e a que foi comprada passa a ser listada na bolsa oficialmente.

O que difere dos outros modelos de exit? As SPACs são alternativas atrativas, principalmente por permitirem que a companhia target consiga ter uma oferta pública mais rápida. Como abordamos no nosso primeiro post sobre Exit, o IPO é um processo custoso e demorado e que usualmente ocorre com empresas em estágio mais avançado. Assim, a grande vantagem das SPACs para os investidores é garantir acesso a um investimento mais rápido e com menor volatilidade.

Por que a SPAC surge como  uma forma atrativa de Exit? Há uma tendência para empresas investidas por fundos de Venture Capital de captarem rodadas maiores antes de se tornarem públicas. Mas com as incertezas diante da pandemia, aumentaram as dúvidas quanto à essa capacidade. Assim, ao necessitar de capital, as empresas podem buscar liquidez por meio da abertura de capital. Nesse caso, as vantagens da SPAC quando comparado a um IPO incluem: a possibilidade de ter mais controle sobre a quantidade de capital que será captado, maior velocidade quando comparado ao processo de IPO tradicional, processo de diligência mais simples e maior controle da oferta de preço. 

Quais são os riscos desse veículo? Como os investidores estão apostando no sponsor, ainda sem informações sobre a companhia alvo da SPAC, há o risco ligado à confiança nesse sponsor. Além disso, muitas vezes, há o limite de dois anos para que sponsor encontre uma empresa target. Depois desse prazo, se não for encontrado um target, o dinheiro é retornado ao investidores. Sendo assim, ao final do prazo, o sponsor pode ser menos criterioso em sua decisão, o que pode afetar o retorno do investimento.

Será essa uma nova tendência de exit? Em 2020, dos IPOs que ocorreram nos EUA, quase metade foram por meio das SPACs (Exame), totalizando USD 80 bilhões. Na América Latina, a modalidade, que concorre com o IPO usual, já tem sido disseminada e algumas SPACs foram montadas com foco em investir em empresas na região. O Softbank, por exemplo, divulgou recentemente o interesse em levantar uma SPACs para investir em uma empresa latino-americana de tecnologia, a expectativa é que seja captado US$200 milhões (Brazil Journal).

Glossário:

Exit: O exit é quando o investidor ou sócio da startup vai entregar a participação que possui na empresa e receber em troca dinheiro. 

IPO: é a oferta pública inicial de uma empresa, ou seja, a primeira vez que ao realizar oferta de ações na bolsa de valores e recebe novos sócios. Por meio do IPO a empresa se torna de capital aberto.

Roadshow: uma série de apresentações com objetivo de criar interesse em potenciais investidores e avaliar a demanda destes na oferta que está por vir.

Sponsor: Os sponsors são os organizadores do veículo (SPAC), e normalmente são compostos por grupos de investidores. Por ter organizado o processo, o sponsor tem direito a 20% da participação societária da SPAC.

Target: É a empresa-alvo da aquisição do veículo (SPAC).  Normalmente os sponsors não identificam a empresa que desejam adquirir durante o processo de IPO. Essa informação é só divulgada ao público após o processo de aquisição da empresa.

What’s a Rich Text element?

The rich text element allows you to create and format headings, paragraphs, blockquotes, images, and video all in one place instead of having to add and format them individually. Just double-click and easily create content.

Static and dynamic content editing

A rich text element can be used with static or dynamic content. For static content, just drop it into any page and begin editing. For dynamic content, add a rich text field to any collection and then connect a rich text element to that field in the settings panel. Voila!

How to customize formatting for each rich text

Headings, paragraphs, blockquotes, figures, images, and figure captions can all be styled after a class is added to the rich text element using the "When inside of" nested selector system.

  • zdfa
  • asdfgs
  • asdf

Latest Stories.

By

Why MAYA invested in Merama

Read more
By

MEET A PORT.CO: MERAMA

Read more
By

Como pensar no exit de sua startup?

Read more
By

Finding the One: Como definir o papel de CEO entre os founders?

Read more
By

Finding the One: Como encontrar seu co-founder?

Read more
By

Quais as principais diferenças entre Venture Debt e Equity?

Read more
By

Como dar um Feedback Eficaz?

Read more
By

Como trazer a Diversidade de Raça para sua Empresa?

Read more
By

Aprenda a calcular o Unit Economics de sua Startup

Read more
By

Convertible Note vs. Safe: qual a melhor opção de fundraising?

Read more
By

Faz sentido tentar captar de um Venture Capital?

Read more
By

Aprenda a Calcular seu Option Pool

Read more
By

Como funciona um fundo de Venture Capital?

Read more
By

Investidores podem controlar sua empresa?

Read more
By

Aprenda a fazer e gerenciar um Cap Table saudável

Read more
By

Como captar investimento com um Venture Capital: o que você precisa saber

Read more
By

Alocação de Stock Option para Time

Read more